Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Urgências

por Henrique Monteiro, em 19.01.15

urgencias1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


23 comentários

Sem imagem de perfil

De Mário João Castro a 20.01.2015 às 13:04

Palavreado de médico não tem
também vai ao bloco xotôr?
mais um tiro errado vem
ao cartoon ou comentador?

Tem tempo para aqui vir?
está muito relaxado...
são só magoas a carpir
se estivesse mesmo ocupado...

Dava jeito não haver Henrique
nem haver quem comente
no seu " consultório" ninguém fique
ou ainda acaba bem doente!
Sem imagem de perfil

De João Cardoso a 22.01.2015 às 14:40

E aqui estou eu, depois de ter saído às 9 da manhã tal como tinha dito no meu post.
Esta senhora que tanto poema faz, é que deve estar relaxadinha da vida, mas tem muito jeito. Escreva a nova versão dos Lusíadas e da triste história de Portugal pós-Descobrimentos. Iria ter sucesso certamente.

Quanto ao "velho argumento" do "vá para outra profissão" esse é antigo e não cola. Olhe, se você for para serralheiro, 40h por semana, mas obrigarem-nos por lei a trabalhar mais X horas... Vá para outra profissão! É simples! Que argumento mais original.

Não tenho paciência para o "conheço um caso em que um médico chula o pessoal todo". Olhe, eu também conheço muitos casos desses, mas conheço 99% de outros em que somos explorados e ainda nos atiram à cara que estamos no bar do hospital em vez de estar a trabalhar.
Vão-se lixar todos.
Vocês acham que fazer urgência é a mesma coisa que estar numa repartição pública em que quem espera está confortavelmente sentado!
Acham que os médicos não tem consciência e não sabem que tem à espera gente que pode MORRER? Nós até evitamos ir à casa de banho pá.
Não sejam injustos para com uma classe que não conhecem minimamente e não venham com o paleio do "conheço um médico que faz isto e aquilo"... Olhem eu também conheço muitos como vocês que trabalham no setor privado, só dizem mal do público, mas passar faturas e descontar a realidade do salário - NADA!
Quando apontarem o dedinho a alguém, olhem por vocês abaixo primeiro e não brinquem com quem dá tudo o que tem e não tem para salvar as pessoas.

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog