Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Um pouco de fé

por Henrique Monteiro, em 01.06.15

fe1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.06.2015 às 10:08

Um pouco de fé e acreditar em milagres pois, uns vivem do ar outros têm fundos milionários para pagar prémios e salários extras, é assim neste triste império governado por capitalistas,..
Sem imagem de perfil

De sapotroiko a 01.06.2015 às 20:43

O voto é uma arma e não teimosia de maiorias,..
"Nos anos oitenta, os 10% mais ricos ganhavam sete vezes mais do que os 10% mais pobres; hoje, ganham dez vezes mais", descreve o relatório, onde Portugal se destaca como o 8º mais desigual (numa comparação medida através do coeficiente de Gini),numa lista de 33 países, apesar da redução registada entre 2007 e 2013.

Nestas últimas três décadas, "os mercados de trabalho foram profundamente transformados pela interacção da globalização, da mudança tecnológica e pelas da informação ou financeiro viram os seus rendimentos aumentar significativamente, através de prémios e da generalização de políticas de remuneração variável, uma evolução que os trabalhadores menos qualificados não conseguiram acompanhar.
"Nos anos oitenta, os 10% mais ricos ganhavam sete vezes mais do que os 10% mais pobres; hoje, ganham dez vezes mais", descreve o relatório, onde Portugal se destaca como o 8º mais desigual (numa comparação medida através do coeficiente de (Gini), numa lista de 33 países, apesar da redução registada entre 2007 e 2013.

Nestas últimas três décadas, "os mercados de trabalho foram profundamente transformados pela interacção da globalização, da mudança tecnológica e pelas reformas da regulação". Os trabalhadores qualificados em sectores de tecnologias da informação ou financeiro viram os seus rendimentos aumentar significativamente, através de prémios e da generalização de políticas de remuneração variável, uma evolução que os trabalhadores menos qualificados não conseguiram acompanhar,..fazer perceber 50% de abstenção tá difícil.

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog