Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





'Tirem-me deste filme'

por Henrique Monteiro, em 17.02.20

env1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2020 às 17:03

Como vimaranense sinto-me envergonhada... mas parece-me que quanto mais dermos destaque a estas situações mais elas surgirão.
Aconteceu? Castiga-se exemplarmente! Não é necessário divulgar até a exaustão (a comunicação social está a criar monstros...)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.02.2020 às 19:52

"Agora e na hora, não vi o jogo"_(trouxerato)
Primeiro para saíres desse filme começa por separar as águas, o que é do desporto ao desporto e o que além vem de politica e castigos, os portugueses através do Don Afonso Henriques sempre tiveram mau perderafinal ninguém mas nem a feijões e como no norte onde o berço dos reinados portugalenses nasceram, por ventura Marega em dois tokes na bola em terra de "reis" lhes prestasse homenagem com habitual beijo na bocaQual foi o filme em que te meteram se as cantigas e os gritos de jogos para jogos nem as equipas dos milhões conseguem dialogar com elas enquanto outros a pedir justiça internacional para apitar jogos com cada fiscal de linha com o seu avatar posicionado ora pela tendencia clubística, verdade se diga, os efes quando se juntam mal sincronizados com a politica aplicar castigos aos ensinamentos desportivos que em nome de Portugal todos tentamos que seja cada vez melhor, pronunciamentos racistas em campos de futebol neste país faz lembrar aquela novela em que se anda a treinar para inflamar outros juízos, Don Afonso Henriques manda dizer a esses conflituosos de racismo não percebem nadaestamos no carnaval e o rei da festa são os partidos e cadeiras partidas arrematadas pela ignorancia de quem tem mau perderOra nosso meritíssimo rei, se os clubes pagassem melhor a um psicologo para meditar sobre um atleta conforme a sua cor da pele, o presidente da capital pra Don Afonso Henriques, já parecia Mackerel Jacksondiz me com quem jogas e como comomoras os aniversários que entre a falta de credibilidade de juízos nacionais para o "insulto racista internacional-time", estado meu olha o tal filme do Abreu que só diz, dá cá o meu" Antes de começar o jogo, e quando o arbito atira a moela ao ar para a escolha de campo, os anti-racistas de serviço fica de "caras ou corao" e, quer seja jogo a feijões com cantigas e gritos se apanham os morcõeslá pelo rei don Afonso Henrique gostar antigamente de andar a papar mouros, não quer dizer que seja racista por quem faz as leis se com desporto não foi criado é melhor estudar ateu ou jeová antes de as fazer antes que se enverede por outro caminho, castigos a cultura por má conduta desportivavou pras bancadas imitar ou cantariar e como partidário independente leva se roda de racistaquais foram as palavras racistas dirigidas ao jogador em causa para que Don Afonso Henry sentir vergonha, hEnmo presidente do clube não precisa de psicólogo por mesmo com aquela idade anda sempre com grandes borrachos mas, parece que o Maregas anda a precisar ou então talvez a ver filmes que não deveé esta a minha ininterpretação por em Guimarães todos serem guimaranenses

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog