Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Por artes mágicas

por Henrique Monteiro, em 05.11.19

artes1.gif

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


1 comentário

Sem imagem de perfil

De trouxêrato a 05.11.2019 às 19:05

O mágico se quisesse partia a loiça toda mas incriminava muita gente sem escrúpulos que se aproveitou do guizado doutro soxalismo ou das contas do Guterres. (mais milhão menos milhão) vindos a tona com o BPN e suas secursais do tempo do Cavaco e a posterior com a narrativa que Berardo salvou o BCP da banca rota a conta da CGD. A justiça agora quer fazer justiça a rota de heranças e amigos do ex.governante mas inconstitucionalidades a parte e tráficos de influencia, se tivesse havido um referendo quanto aos buracos e corrupção na banca na hora de nacionalizar buracos onde a volta do Salgado ninguém sabe onde foi parar o dinheiro Os paparrazes querem saber mais do que o MP e atiram para a praça publica tudo aquilo que filtram da acusação para venderem gato por lebre No âmbito da Operação Marquês e quase cinco anos depois de ter sido detido, o ex-governante socialista tem sido ouvido no Tribunal Central de Instrução Criminal, em Lisboa. Sócrates está acusado de 31 crimes económico-financeiros, entre os quais três de corrupção passiva de titular de cargo político, 16 crimes de branqueamento de capitais, nove crimes de falsificação de documento e três crimes de fraude fiscal qualificada. Além disso, e para justificar as elevadas quantias gastas, José Sócrates disse que a mãe, Maria Adelaide Monteiro, tinha herdado um milhão de contos (cerca de cinco milhões de euros) do avô. O montante era desconhecido e não está sustentado em qualquer documento, um facto que José Sócrates disse desconhecer porque não leu a acusação do Ministério Público para ser mais “genuíno” no depoimento. José Sócrates questionado sobre o dinheiro que lhe foi emprestado pelo amigo e também arguido Carlos Santos Silva, referiu que ganhava 15 mil euros por mês, mas gastava 22 mil, no tempo em que estava em Paris, o que significa que Carlos Santos Silva lhe emprestava sete mil euros por mês A magia do arguido consiste em 7 mil euros mas que muita classe politica e muita cambada de banqueiros que como Cent€no continua a cativar tudo a roda de amizades alheias, tirando as prendas e heranças que muitos recebiam, só me apetece é ir roubar também; Diz o carrasco CM

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog