Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O parágrafo

por Henrique Monteiro, em 17.11.23

pa1.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2023 às 15:29

Bem com esta bombinha antónica lá vamos ter de levar com um
novo PRR (Plano Roubar Rápidamente).
Sem imagem de perfil

De Constantino Braz Figueiredo a 17.11.2023 às 15:56

Campos minados
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.11.2023 às 17:17

Quem governa quem ?
Sem imagem de perfil

De trowxêrato a 18.11.2023 às 12:54

hò Lucília manda lixar o parágrafoa queda da maioria do primeiro ministro de Portugal, António Costa, foi motivada por um inquérito autônomo no Supremo Tribunal de Justiça sobre projetos de lítio e hidrogênioa procuradora-Geral da República afirmou que Costa etava a ser e será investigado pelo Superior Tribunal de Justiça onde projetos de desenvolvimento sustentável como os de lítio e hidrogênio seriam e são tão ou mais importantes para o futuro do paíssendo que o primeiro desconhecia o processo levado a cabo pela manda chuva da PGR (por que foi ela que se meteu no trabalho do MP) e que já tinha sido aberto um processo crime contra o primeiro que o envolvia sem ele sabercatrapuzo presidente Marcelo quiz ouvir ambas as partes e quem manda pode no sai de sena por o lugar de primeiro deixou de ser compativel com o "quero posso e mando" sacudindo logo a água do capote da casa civil de são bento a espera de justiça que poderia ser atenuada e resolvida se quanto o ministério da infrastruturas acaso fosse mais esclarecido em são bento que com o MP então desde que a PGR abriu tal inquérito também já deveria saber de tudo mas deixou andar quem por direito deveria esclarecer melhor a demissão do anterior ministro da infraestruturas e o Galamba a seguir que se acabou de demitir do cargo sobre pressão e por incompatibilidade do gabinete do primeirosendo assim, o lugar do primeiro e sucessivas mudanças de pasta no negócio das infrastruturas do país supostamente andar num "tipo do jogo de influências" e com o lugar do ministro da economia e infraestruturas entregue ao PRR e a leis dos subsídios de Bruxelas sem que se agora com eleições a porta venha o voto dos portugueses esclarecer aquilo que por eles deveria de ser compativel com todas responsabilidades sem que andasse por aí a PGR abrir os olhos ao MP. e aos portugueses em geral sem saberem bem como tudo irá acabar o lítio e hidrogénio ou grandes projetos que já deveriam servir não só o país com a Europa e o mundoandar agora a ser noticia mundial por incompetência dos governantes ou operações do tipo, "influenciar"

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog