Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





O general

por Henrique Monteiro, em 11.04.24

ge1.jpg

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons



1 comentário

Sem imagem de perfil

De trowxêrato a 11.04.2024 às 13:54

o general quer queira quer não comenta sempreem 25 de abril de 1974, um grupo de oficiais militares liderados por capitães realizou um golpe militar em Portugal, conhecido como a revolução dos Cravos. O objetivo era derrubar o regime autoritário do então Primeiro-Ministro Marcelo Caetano e acabar com as guerras coloniais em Angola, Moçambique e Guiné-Bissau e o papel de António de Spínola, um general de renome, não estava envolvido no planejamento do golpe, mas sua participação foi crucial e quando Marcelo Caetano foi pressionado a entregar o poder, ele se recusou a fazê-lo para um mero capitão(...)insistiu que só entregaria o poder a General Spínola assim, Spínola foi nomeado presidente da Junta da Salvação Nacional (JSN) e, posteriormente, presidente da república sendo que quanto a mudança de lealdade Spínola inicialmente apoiou a revolução e defendeu uma transição pacífica de poder, no entanto, após o fracasso de um golpe de esquerda em 28 de setembro de 1974, ele apelou à “maioria silenciosa” para resistir à radicalização política da esquerdaem 11 de março de 1975, ele se envolveu de forma hesitante em uma contra-revolução de direita e durante esse período, no Brasil suas ações indicaram uma mudança em suas lealdades políticas e o legado e morte de Spínola que serviu por apenas quatro meses e meio como presidente mas sua contribuição foi vital para a transferência pacífica de poderfalecido em 1996, foi enterrado em Lisboa, entre os soldados, no Cemitério de Alto de São João. Portanto, a fuga de António de Spínola para o Brasil ocorreu em meio a turbulências políticas e mudanças significativas em Portuga e na outra versão da esquerdalha e o ponte de situação da fuga do Spinola para o Brasil e que só com um olho como o Camões combateu o extremismo da esquerda que ao que parece o tratam como um traidordigamos que o generam condecora Spinola com se fosse Caamões que só que um olho salvou os Lusíadas e o outro zarolho salvou a democracia através de uma transição pacifica de mudança de regime em Portugal e nas ex-colóniasviva o general Spinola viva a democracia viva o 25 Abril homenagear todos que fizeram parte da revolução dosviva o 1 de Maio

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog