Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Nova nota vem com música

por Henrique Monteiro, em 23.09.14

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


5 comentários

Sem imagem de perfil

De AP a 23.09.2014 às 08:06

Muito bom! Mesmo muito bom! :))))))
Sem imagem de perfil

De Fernando Figueiredo a 23.09.2014 às 08:25

Música é o que estes tipos nos andam a dar há muito tempo.

Falta saber até quando...
Sem imagem de perfil

De Mário João Castro a 23.09.2014 às 11:54

Comunicado do BCE, Banco da Caridade Europeia

Na emissão de uma nova nota de 10 Euros pretendeu o BCE, Banco da Caridade Europeia, dar especial destaque e relevo a Portugal, um membro activo e cooperante ,cuja imagem pela Europa é reconhecida de um povo de mão estendida, tocando a sua música inconfundível do fado lusitano.

Enquadrada está assim a dinâmica de um país que tem sido um bom aluno e ao qual não seria possível atribuir melhor nota, já que a de 500 circula apenas na economia paralela e desta forma a de 10 espelha com rigor a vivência do seu povo.

Nota de destaque ainda para o criador desta nova nota, o criativo Henrique Monteiro, que apresentou um trabalho de muito boa qualidade pelo seu departamento de comunicação e imagem criativa, o qual já avançou com a projeção da futura nota de 20 Euros, que será o espelho perfeito de Portugal, confinado a trocos ,optando-se assim pelo comissário Moedas.

Banco da Caridade Europeia
23 de Setembro de 2014
Sem imagem de perfil

De Joaquim a 23.09.2014 às 14:40


Fabuloso.Parabéns a H.M.
Sem imagem de perfil

De Acredira Siul a 23.09.2014 às 17:50

Música daquela que ninguém ouve mas todos (ou quase) sentem, já há trinta e tantos anos tem sido servida aos portugueses em doses excessivamente devastadoras e sacrificantes. É o "fado" dos cortes nos salários e pensões, é o rock duro do aumento de impostos e dos bens de primeira necessidade, é o jaz dos cortes na saúde e educação, a valsa dos desempregados e a música clássica do roubo e corrupção. Que bela sinfonia e que "belos" músicos, a começar em M. soares, a passar por Sampaio, Guterres, d. barroso, S. Lopes, o inefável sócrates e a terminar em passos/portas à cavacada e restante pandilha que actua na sombra.

Abaixo a sinfonia, venham os cantares alentejanos que não precisam de instrumentos para nos presentear com sons dignos de quem os emite!

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog