Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Habemus acordum

por Henrique Monteiro, em 08.11.15

acordum1.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018 2019 2020 2021


32 comentários

Sem imagem de perfil

De José Povinho a 08.11.2015 às 21:30

Eu explico, se não percebes. O cartoonista é parcial, devido a gosto pessoal ou a encomenda... Serve?
Sem imagem de perfil

De Atento a 09.11.2015 às 03:56

CERTO! Caro José Povinho, eu sinto-me incluído no grupo do "zé povinho", só, ou até só por isso, eu já estaria sempre(?) de acordo consigo. Porém, o meu alvo(?) é/foi o cigano indiano... E, a razão é muito simples: "onde há um burro..., há geralmente um cigano...; logo, como eu não confio em burros nem em ciganos... (confio mais em macacos e na eva e no adão...!?), tenho que estar d'olho "nesse grupo(s)/partes/tripartes/anti-partes/pró-partes/dispartes... do cigano indiano... !!!" PUDERA!!! Estamos a ver abutres!!! E o pior disto tudo é que, parece que nós, as vítimas, parecemos ainda estar vivos..., mas já estamos a ser "consumidos" como mortos e apenas temos a estúpida sensação de ouvir zumbidos que mais ninguém ouve... ou é apenas o cigano indiano a soprar-nos aos ouvidos que o melhor para nós é manter-nos "mortos vivos..." com a única finalidade de nos fazer acreditar que «ele próprio continua vivo...???!!!» Coitado! Pode pensar que está vivo..., mas politicamente MORREU!
Sem imagem de perfil

De José Povinho a 09.11.2015 às 15:03

Só para esclarecer que não partilho nem dos seus "princípios" políticos nem dos conceitos racistas que parece ter.
Só para acrescentar também que o cartoonista não tem que ser imparcial. O cartoon está excelente em termos de transmitir uma ideia de forma imediata, crítica e incisíva. Eu apenas não partilho da linha de bater na alternativa menos má e que talvez nos faça respirar, mais que não seja por sermos tratados como pessoas.
Tudo o que não seja contra o Governo anterior é em seu favor, e estar a favor do governo anterior é para mim incompreensível. O governo com maior insensibilidade social de que tenho memória. Com opções duras e altamente prejudiciais para uma larga faixa da população em nome de razões ideológicas. Não compreendo, e o que me choca apenas na posição do cartoonista é parecer partilhar desta insensibilidade, ou fechar os olhos a ela. É disso que tenho pena. Mas a liberdade de expressão acima de tudo. Se é mesmo isso que quer dizer, força.

Comentar post



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog