Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





Benditos atestados médicos

por Henrique Monteiro, em 22.06.10

Publicado em SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015 | 2016 | 2017 | 2018


45 comentários

Imagem de perfil

De semprescp a 22.06.2010 às 15:18

UI, henri....espero que esteja preparado para a chuva de comentários a criticar o cartoon por parte dos professores (tadinhos) todos ofendidos ... apesar de bem certeiro este cartoon. Parabéns!
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 22.06.2010 às 23:07

Um pouco de mais respeito porque quem lhe ensinou a ler e permitiu que aqui escrevesse não ficava nada mal.
O mal da populaça, é que generaliza uma opinião como se passasse a ser um facto. Obviamente que uma atitude destas mostra alguma acefalia congénita.
Sobre futebol não me vou pronunciar porque o tema não é esse, mas o seu nickname justifica o seu comentário.
Entretanto, como professor, peço-lhe que mude de atitude preconceituosa até porque, e lá está, este género de professores são com certeza uma minoria insignificante que infelizmente chamou à atenção.
Mas até nem é de condenar. Porquê?! Porque têm feito a vida negra aos professores nestes últimos anos com o alto patrocínio da dita populaça que reelege governos idiotas para o poder.
Por algum lado a costura ia rebentar.
Sem imagem de perfil

De ruben a 23.06.2010 às 00:05

Scherzan, não fique tão nervoso porque você também é populaça!!!!!! os liceus podem estar a cair de podres, os programas podem ser infames para os miúdos, mas vocês só se manifestam e com verdadeira militância quando alguém se propõe avaliar-vos!!!!!! eu deixei o ensino secundário há trinta anos e hoje, a essa distancia, consigo constatar que tanto nessa altura como agora a vossa classe não passa de uma corja com uma minoria de professores dignos de serem chamados desse nome. de maneira que o que lhe aconselho é a ver um jogo de futebol para destressar!!!!!

p.s: aquilo que mais me enoja em vocês é a manipulação demagógica que fazem aos miúdos para proveitos pessoais sem que eles tenham absolutamente nada a ganhar.
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 09:31

Quando perceber alguma coisa do assunto, venha aqui discutir como gente grande. Até lá, abstenham de diarreias ortográficas completamente demagógicas. (veja lá a sua coerência no seu texto)
Imagem de perfil

De semprescp a 23.06.2010 às 09:35

Parabéns, Ruben, eu não diria melhor. Acrescento apenas que sempre respeitei e respeito a classe dos professores, assim como respeitei na minha mocidade todos aqueles que me educaram e ensinaram a ler. Professores esses que estão a anos luz dos que agora conheço (a maioria são meus amigos, ex-colegas até). E isso não pode o Sr. Scherzan negar...Só acrecentaria já poderia entender numa altura destas que os nicknames nada dizem sobre a pessoa em si....nem tampouco sabe qual a minha profissão, por isso quem sabe se não estará a falar com uma professora descontente com a maioria dos seus colegas?????
PS: Reafirmo o que o Sr. Ruben disse: "aconselho é a ver um jogo de futebol para destressar!!!!!"
Sem imagem de perfil

De ruben a 23.06.2010 às 12:01

olá semprescp, eu sei que sou um pouco desbocado. na minha adolescência tive sim professores maravilhosos, outros aceitáveis e os que tramavam a vida ao pessoal pelo seu carácter e/ou incompetência. hoje, acho apenas que a educação é fundamental para o desenvolvimento do país. algo está errado no que está a acontecer e isso não seria possível sem a cumplicidade, mesmo que consentida, da classe de professores. isto é um facto constatado. tudo o resto poderá ser discutível, porém acho também que há pouco interesse na participação da classe de professores no sentido de tentar melhorar o ensino no nosso país e ao invés disso, há uma verdadeira luta sindical apenas direccionada à reivindicação de estatutos, regalias e salários!!!! um professor não é só um funcionário publico, é muito mais que isso. ensinar é um sacerdócio, é uma actividade nobre, é uma das pedras basilares da sociedade. eu não consigo encontrar esses predicados no nosso corpo docente, tenho pena mas não consigo vislumbrar!!!!
Sem imagem de perfil

De mais_um a 23.06.2010 às 12:27

"um professor não é só um funcionário publico, é muito mais que isso. ensinar é um sacerdócio, é uma actividade nobre, é uma das pedras basilares da sociedade. "

Adoro esta demonstração de sabedoria!
Reparo também que serve apenas para dizer "eu admiro os professores" só não admiro ESTES.

E só posso imaginar o que pensarão a seguir: "Quem tem razão é o governo. Eles têm que ganhar menos, têm que trabalhar mais horas, têm que passar o dia na escola. Já agora nas férias tambem porque eu não tenho paciência para aturar o MEU filho, mas o professor tem de aturar TRINTA, não tenho tempo para o EDUCAR nem para o AJUDAR, por isso acho muito bem que a escola esteja aberta 18 horas por dia..."
Acho que dá para perceber a ideia.
A mim não me incomodam as críticas, o que me incomoda é a estupidez!
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 13:47

Eu fico parvo com a ignorância de tanta gente neste país. Já percebo de onde vêm alguns alunos.
Continuam com a ideia medieval de que o professor é responsável pela educação dos filhos prepotentes que saem de casa de pais cada vez mais duvidosos. E como se não bastasse aturar um, é preciso por vezes aturar 30 desbocados, aliás como fez e bem, referência, cerca de 8 horas por dia e estando sujeitos a levar porrada só porque um filhinho saloio foi fazer queixa porque o professor lhe disse que não tem educação nenhuma. São estes comentaristas os papás, ou futuros papás que acham que a educação é dada na escola.
E é vê-los com palavrinhas bonitas e exprimir o ideal de professor...
E a cereja em cima do bolo?? Falar de futebol...
AHAHAHAHAHA
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 13:54

É uma pena que pense assim. Mostra tanta ignorância sobre o assunto como os meus alunos de 7 anos.
Deveria saber que também nos manifestamos contra a regras de avaliação que nos querem impor aos alunos como não reprovar de ano ou o facilitismo nos exames.
Todas essas regras têm o seu alto patrocínio já que votou no desgoverno que se vê.

Sobre corja, você demonstrou exactamente o que é com esse vocabulário, mas eu respondo na mesma moeda. Evite também de mandar a corja dos seus filhos para a escola. Ensine-os em casa pois para o país é necessário mais gente a lavar sanitas e varrer ruas.
Sem imagem de perfil

De ruben a 23.06.2010 às 15:25

ainda bem que não tenho filhos e que tu não és professor deles porque tenho a certeza de que ia ser muito complicado e por aqui me fico. eu não vou insultar os teus filhos porque tenho pena deles por terem o pai que têm mas digo aqui que és um esbirro credenciado para dar aulas e isso é muito preocupante. tenho pena de ter um cartão amarelo e estar de mãos atadas porque a minha vontade é outra. tu és um provocadorzinho e tens de ter cuidado com a vidinha porque ás vezes podes tropeçar com o cão errado!!!!!!
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 15:36

Isso dito assim até parece ameaça. Não fosse vindo de quem vem, diria que as sanitas falam.

Eu quero é que me apareçam desafios pela frente porque sempre os enfrentem de cabeça erguida e pode vir qualquer cão que posso e sei fazer a folha de uma vez por todas!
Sem imagem de perfil

De ruben a 23.06.2010 às 16:36

não queres nada, nem queres tu nem quero eu. vamos ficar assim. outro que tropece contigo que eu já tive a minha conta!!!!! já vi que tens a cabeça fraca e eu demasiada experiência!!!!! tens que ter cuidado não na internet mas na vida real. podes um dia apanhar o pai do corja errado, é só isso que te quero dizer!!!!! e acabou aqui, não estou para mais conversa
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 16:50

Mas é mesmo isso que não percebo... com tanta experiência e tão vago nas afirmações.
Se eu tivesse a cabeça tão fraca como dizes, com certeza não estaria na posição onde estou. Chama-se a isso demagogia.

A carreira de professor é muito mais do que a comum populaça pensa, e ao apanhar "corja" de "pai errado" soube sempre muito bem o que fazer e farei da mesma maneira sempre que entender educar pais que pensam que a educação aprende-se na escola.
Saiu-lhes sempre furado até agora, não estavam à espera de encontrar o professor "errado"!
Ao cumprir regras ditadas pelas altas instâncias quem dá a cara são sempre os professores e são sempre estes os maus da fita. Pois seja!
E acho que sim, terminamos a conversa por aqui até porque o assunto já não é este.
Sem imagem de perfil

De ruben a 23.06.2010 às 17:36

exactamente, eu não tenho assunto nem indicações para quem insulta os filhos dos outros. pode ser que tenhas sorte no caminho, também não desejo o contrário a ninguém e que a mim também não me falte!!!!!
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 18:24

"...hoje, a essa distancia, consigo constatar que tanto nessa altura como agora a vossa classe não passa de uma corja..." in comentário teu
Depreendo que insultar professores já possa ser correcto.
Sem imagem de perfil

De Anti-Socras a 22.06.2010 às 16:07

Faz muito bem a Sôra Professora, em ir esquiar.
Isto é o cada um por sí e Deus com todos.

Se os politicos estão lá para se governarem porque é que a gente não há-de fazer o mesmo?!

Não, vai um gajo andar aqui a fazer-se de mártir, a ser esmifrado em prol da nação enquanto essa cambada de politicos, gestores e patrões de merda enriquece à nossa custa.
Sem imagem de perfil

De JOSE a 22.06.2010 às 19:33

Claro, os médicos são santos, os juízes incorruptíveis, os políticos são tão fiáveis que qualquer pai entregava para guarda os seus filhos..aliás o mal deste país está nos professores...o self learning é que devia ser... Aliás corrigir o quê e para quê? No fim passam todos...fazer exames custa mais de 40 milhões de euros ao país...chumbar 600 milhões...já viram o que poupava...?
Curioso este estudo..


Um estudo realizado em 19 países revela que os portugueses confiam pouco nos políticos, advogados, banqueiros, gestores de grandes empresas e juízes, e depositam mais credibilidade nos bombeiros, professores e carteiros. devem ter entrevistado os chimpanzés do zoo talvez ...
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 22.06.2010 às 22:59

Esse estudo foi acabadinho de ser inventado por si.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.06.2010 às 19:53

Creio que desta vez o cartoon é lamentável...Como professora estou no final do ano lectivo esgotada e ainda tenho reuniões, avaliações, etc....vivemos numa sociedade que cada vez mais desvaloriza o papel do professor e depois querem que sejam estes mesmos a ensinar o conceito de respeito na escola!
Sem imagem de perfil

De noname a 22.06.2010 às 21:53

Vai para o privado... para ver o que é bom para a tosse... vejo muitos incompetentes a se matarem para arranjar um tacho qualquer na função publica... é por alguma razão....
Sem imagem de perfil

De rui a 22.06.2010 às 23:42

suponho que sejas atrasado mental ou andes la perto
Sem imagem de perfil

De Anti-Boys a 23.06.2010 às 00:07

É um Boy, tá tudo dito... Entre os NoName e os Boys Chuchalistas venha o Diabo e escolha...
Sem imagem de perfil

De Marco Nunes a 23.06.2010 às 13:49

A verdade dói ...
Sem imagem de perfil

De noreply a 23.06.2010 às 13:59

Boa, a verdade dói ...
Sem imagem de perfil

De Professor...sem papa na Língua a 23.06.2010 às 13:48

Professor …
A Srª, semprescp, admitiu a hipótese de ser professora. Se fala assim, no seu primeiro comentário, penso que o faz com conhecimento de causa. Eu também sou professor e não conheço nenhum caso, destes, na escola onde trabalho, que eventualmente poderá ser a sua, E não conheço porquê?
Vamos ser primários no raciocínio e admitir duas hipóteses simplistas (podia admitir outros cenários… mas limito-me a estes, dois, inocentes).

1º Ando assoberbado com trabalho e não tenho tempo para me informar, nem ser informado da vida particular dos (as) colegas.
2º Não ocupo nenhum cargo na Direcção, para poder estar informado dos (as) colegas que estão, neste momento de atestado médico e em férias.

Vamos supor que, a SRª semprescp não anda assoberbada com trabalho e conhece algum caso ou casos referidos. Pelo facto de conhecer casos, de mau profissionalismo, não lhe dá o direito de pactuar, com um estereótipo, construído socialmente, acerca dos professores e aqui objecto de representação por parte do cartoonista. Não se lhe reprova a ausência de atitude corporativista, que eu abomino, mas sim a falta de elementar bom senso.
Vamos supor que a SRª semprescp faz parte da Direcção da sua escola e tem conhecimento de existência desses casos. Eu pergunto-lhe porque, em vez de postar, «postas de peixe podre», não se serve dos mecanismos legais e actua em conformidade, no sentido de repor a ordem!?

Penso que, a existir essa situação, não será prática generalizada e portanto incorre no mesmo erro de generalização apressada, alimentando assim este estereótipo e preconceito acerca da maioria dos professores.

Já é um lugar-comum dizer que em todas as profissões há bons e maus profissionais. Sendo assim não acrescento nenhuma novidade.

Ficou-lhe muito mal essa dos «taditos, assim como o seu posicionamento.
… sem papa na Língua.
Não a mando a bardamerda porque já está com a cabeça cheia dela!
Já agora, o cartoonista... porque não começa a fazer uma banda desenhada, com o tema «VALE TUDO EM LONDRES»!?
Deixe os professores, em paz!
Sem imagem de perfil

De noreply a 23.06.2010 às 13:57

Os professores estão mal acostumados .... Dias de folga, fora o Sábado e Domingo, a maior parte trabalha metade do dia, progressões na carreira pela acumulação de tempo (mesmo para incompetentes), não querem ser avaliados.... O ensino que temos é também o espelho dos nossos professores..
Sem imagem de perfil

De Professor sem papa na Língua a 23.06.2010 às 14:04

Eu estou habituado a argumentar com seres humanos, não com calhaus.
Sem imagem de perfil

De A verdade dói ... a 23.06.2010 às 14:32

A verdade dói ...
Sem imagem de perfil

De Professior sem papa na Língua a 23.06.2010 às 14:34

Eu estou habituado a argumentar com seres humanos, não com calhaus
Sem imagem de perfil

De Adogmático a 23.06.2010 às 14:42

Para a Verdade dói...e quejandos que vão dar ao mesmo...
A VERDADE não existe... e se existisse não era propriedade exclusivamente sua.
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 14:53

Dias de folga?? Sábados e Domingos?? Trabalhar metade do dia?
Eu queria muito chamá-lo de palhaço, mas não o chamo por respeito a uma profissão digna.

Deixe-me elucidá-lo:
Dias de folga não sei o que isso é. Sou professor e trabalho 7 dias por semana. Se não trabalhar, passo fome e não pago casa e um carro que uso para percorrer 800Km semanais para dar aulas, e lá está, para não passar fome e ter dinheiro para pagar a casa.
Juntamente com trabalho ao Sábado e Domingo, também corrijo testes de avaliação e perco horas por dia a ponderar como ajudar individualmente os diferentes 220 alunos que tenho... posso adiantar que me é complicado memorizar nomes.
Tenho de aturar pais mal dispostos só porque o filhinho não estudou e reprovou à disciplina. Arrisco-me a ser processado se levantar um pouco a voz para mandar calar uma turma barulhenta de 27 alunos.
Sofro pressão do ministério para que os testes sejam fáceis e que não reprove alunos, mesmo que isso vá contra a minha vontade...
...e ainda tem o descaramento de dizer que estamos mal habituados.
Com todo o respeito senhor noreply, vá para o caralho e para a puta que o pariu.
Imagem de perfil

De semprescp a 23.06.2010 às 15:06

...mas ainda lhe sobrou algum tempo para vir para aqui dizer asneiras...bem educadinho, sim senhor

PS: não sou professora
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 23.06.2010 às 15:15

Tenho a certeza de que sabe o que significa e já usou por diversas vezes estas asneiras.

PS: tenho sempre tempo para ajudar os que precisam de alguma luz na cabeça.
Sem imagem de perfil

De Direito de resposta a 23.06.2010 às 15:15

«Quem diz o que quer , ouve o que não quer.»
Também temos direito a dizer as nossas asneiras, ou tal prerrogativa também é um direito só de alguns!?

Ainda bem que não é professora! É menos uma!
Imagem de perfil

De semprescp a 23.06.2010 às 18:05

Sou menos uma a chular o estado...nisso tem toda a razão...
Sem imagem de perfil

De Direito de resposta a 23.06.2010 às 20:40

É menos uma professora, péssima representante, do grupo de professores seus conhecidos ou amigos.
Não desconverse!
Eu, também, não tenho pachorra para calhaus!
´

Para esse lado é tudo movimento uniformemente retardado...
Veja futebol que logo lhe passa o stress!
Sem imagem de perfil

De Marco Nunes a 23.06.2010 às 15:41

tadinhos....
Sem imagem de perfil

De Ah pois é... a 23.06.2010 às 18:20

Cambada de virgens ofendidas que não sabem aceitar um cartoon....que para ter algum sentido de humor terá necessáriamente de ser exagerado, faz parte...agora se a carapuça vos serve....siga....
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.06.2010 às 12:32

Todas as moedas têm duas faces... e parce-me que ninguém está interessado em admiti-lo!

Ainda há professores excelentes e eu tive a sorte de me cruzar com alguns deles em todas as fases de ensino(desde o ensino primário até à faculdade)!
Mas também tive o género que "não dá notas superiores às que ele próprio teve", que até se engana a corrigir o teste, mas a nota está dada e não vai assumir o erro porque ficaria mal visto... o género que não prepara aulas... aqueles que usam os mesmos apontamentos desde o tempo dos afonsinhos e chegam às aulas e se limitam a ditar os referidos apontamentos... enfim!

Como em todas as profissões há bons e maus... e os que são bons não se incomodam com um cartoon, riem-se dele!! Até porque sabem que esta situação acontece efectivamente e não é propriamente um caso isolado!!

Sem imagem de perfil

De Maria Gois a 24.06.2010 às 12:36

"Quem sabe, faz. Quem não sabe, ensina"
Sem imagem de perfil

De Scherzan a 24.06.2010 às 18:01

Você é um resultado dessas palavras. Triste o dinheiro que foi investido na sua educação.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.06.2010 às 21:14

Triste o dinheiro que foi investido na sua educação. (a pagar professores incompetentes... que só procuram tachos)
Sem imagem de perfil

De Rui Pinho a 25.06.2010 às 18:43

As pessoas antes de começarem a disparar para cima dos professores, deviam tentar saber A SÉRIO o dia-a-dia deles, o que têm que fazer, o que têm que aguentar e ao que têm que se sujeitar.
Quem fala da forma gratuita como muitos aqui falaram, não faz, nunca fez, nunca sonhou sequer com o que realmente se passa.

É evidente, como em tudo lado e em todas as classes profissionais que também há baldas e quem se aproveite das situações.

O que podem ter a certeza é que a maior parte deles são sérios e profissionais dedicados. E aturam durante meses a fio, todos os anos o que nós não aturaríamos por uma hora sequer.
Na maior parte das vezes, com grande culpa e compadrio dos paizinhos que não perdem uma hora por mês a educar os filhos, mas depois vêm para a internet e outros sítios descascar como aqui se viu.

Para não falar em muito mais coisas, como a legislação que OBRIGA os alunos a passar de ano, mesmo sendo autênticos ZEROS.

Se calhar, para chegarem a adultos e darem enormes profissionais. Ou melhor ainda, acabam o curso num Domingo, por FAX e vão para primeiro ministro.

Enfim...
Depois queixam-se da crise, e que o governo isto e aquilo. Se são lorpas (somos todos), são tratados e comidos por lorpas.
Temos aquilo que merecemos e fazemos por ter.
Triste sina, tristes cabecinhas...

Cumprimentos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.06.2010 às 10:10

Vai mas é trabalhar.

Comentar post


Pág. 1/2



Publicidade


No facebook


Cartoons Família e Desporto






Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog