Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





A 'coragem' do cavaleiro

por Henrique Monteiro, em 04.09.12

SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Anti-Touradas a 04.09.2012 às 08:42

E ainda por cima a "porcaria" está toda concentrada naquela parte do cavaleiro que chamam de "cérebro"...

Em vez de evoluirmos e seguirmos o exemplo de Barcelona que pôs fim às touradas andamos a alegar que é uma "tradição" portuguesa e depois fazem-se touradas em praças improvisadas, em localidades que nem sequer uma praça de touros têm.

É a ver estes exemplos que eu percebo porque é que estamos sempre na cauda da Europa. O problema deste país não são os políticos, são os demais portugueses mesmo... O Passos Coelho é que tem razão, um gajo tem mesmo é de emigrar para um país a sério pois este país não passa de uma anedota.
Sem imagem de perfil

De Ricardo Lucas a 04.09.2012 às 17:47

Pois Barcelona proibiu as corridas espanholas e "blindou" a tradicional corrida de toiros catalã designada de corre bous (está no estatuto da Generalitat). Claro que sendo catalã é muito mais humana... Os anti taurinos até ficaram chateados mas eu nem percebi porquê, apenas promulgaram uma lei anti Espanhola que nada tem a ver com a protecção dos animais (mais cego é aquele que não quer ver)

Se estamos na cauda da Europa a culpa é de pessoas como tu que "desinformadas" opinam sobre assuntos sem ter a menor ideia do que falam. Se achas que temos um país que é uma anedota, deixa-o emigra e segue o conselho desse grande visionário a que te referes.
Sem imagem de perfil

De Anti-Touradas a 06.09.2012 às 11:35

É precisamente o que eu pretendo fazer, pois neste momento até tenho vergonha de dizer que vivo num país de gente "informada" como tu...
Sem imagem de perfil

De Ricardo Lucas a 06.09.2012 às 17:28

Para mim são já mais de quatro anos fora de Portugal, a comunidade emigrante receber-te-á de braços abertos... Estava a viver em Barcelona quando tudo se passou, não é preciso estar "informado" basta olhar para o que se passa à nossa volta. Boa sorte...
Sem imagem de perfil

De Anti-Touradas a 07.09.2012 às 08:21

Que mania vocês têm das "comunidades". Se é para viver no meio de portugueses mais vale ficar em Portugal. Ao contrário do que acontece com muitos eu não pretendo ir lá para fora apenas para arranjar o emprego que não tenho em Portugal (muito por culpa dos erros dos inúmeros governos PS/PSD que o "Zé Povinho" manso insiste em manter no poleiro e que por si só já é um atestado de imbecilidade!).
Quando eu emigrar é para esquecer de vez esta espécie de amostra de país mais as suas tradições típicas de países de terceiro mundo...
Imagem de perfil

De Aquariana a 04.09.2012 às 10:43

hehehe
Acho que a palavra "porcaria" é muito branda! Eu usaria um vocábulo mais contundente!
(também falei ontem sobre este "estafermo")

Sem imagem de perfil

De a.melo a 04.09.2012 às 19:18

E a GNR mesmo ali ao lado nao prende esse FDP.
E 5 ou 6 que se atirassem ao aquela coisa e dessem
uma bordoadas.
Sem imagem de perfil

De Loira a 04.09.2012 às 20:01

Tradição? Ok então porque nao mantemos as arenas e atiramos cristãos aos leões? Não era tradição? Não se devem cumprir? Só tretas!
As touradas nao acabam porque há interesses de grandes senhores, e do povinho que gosta é de ver sangue. É mesmo... cada um tem o governo que merece. Não merecemos melhor.

Tornar o ensino obrigatório? Acabar com o analfabetismo? Para quê? Continuamos burros!!!!!!
Sem imagem de perfil

De I_SEE_STUPID_PEOPLE a 05.09.2012 às 00:13

Gostei da referência do Henrique a este assunto, mas estou desiludido por ver que faz uma generalização a todos os cavaleiros quando fala em "cavalos", em vez de apenas referir o cavaleiro desmiolado que originou este incidente.

Os tauromaníacos ficam tão mal na fotografia por quererem manter a tourada, como ficam mal os que lhes chamam nomes e insultam a inteligência.

Se não fosse a tourada, não se mantinha a nossa tradição única dos forcados, os touros já estariam extintos (pois nenhum dos protestantes trataria deles!), seria menos um negócio em Portugal e portanto seria mau para a economia.

Por outro lado, a tourada é gratuitamente violenta e vender um espetáculo deprimente ende se esfaqueia um animal (e nalguns casos se mata) apenas por divertimento também não faz muito sentido.

Portanto eu proponho que se dialogue, se encontrem pontos de convergência e se tente agradar a todos: façam a tourada com os forcados normalmente, mas no caso dos cavaleiros espetem os ferros numa plataforma e não diretamente no corpo do touro.

Assim a tourada continua, mas o animal não sofre, nem se vende um espetáculo deprimente de derramamento de sangue e tortura, mas apenas o essencial da tradição ibérica.

Agora, o que não é admissível são as "touradas" que ambos os lados proitagonizam nos confrontos (uns atiram pedras e insulotam; outros ameaçam em cima do cavalo e não fazem esforço nenhum para diminuir o sofrimento do touro na arena).

Por isso sou a favor da diplomacia na busca por uma solução intermédia que mantenha a tourada mas acabe com a mior parte do sofrimento dos animais.

Por isso, sou contra a tourada nos moldes atuais, mas também sou contra os protestantes anti-tourada, ou pelo menos contra o modus operandi radical de alguns e da sua falta de respeito.
Sem imagem de perfil

De Quid Sapit a 05.09.2012 às 17:22

Uma besta, que nada teve a ver com D. Caio, em cima de um cavalo!
Sem imagem de perfil

De Tiago a 06.09.2012 às 13:52

Eu cá gosto e quando me apetece até vejo touradas!

Comentar post



Publicidade


No facebook





Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015