Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Adoção gay

por Henrique Monteiro, em 26.08.11

Publicado em SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)


11 comentários

Sem imagem de perfil

De Maria a 26.08.2011 às 20:57

Se está para adotar significa que o casal heterossexual foi incapaz de o educar e bem tratar.
Sem imagem de perfil

De art a 27.08.2011 às 04:37

Exactamente. Razão pela qual muitos casais heterossexuais gostariam de o adoptar!
Sem imagem de perfil

De NUK a 27.08.2011 às 11:20

Um comentário directo e simples demais para uma situação muito mais complexa. Até parece estar a querer dizer que estas famílias heterossexuais se "lixaram" ou foram uns "grandes falhados" para deixarem a criança chegar à adopção.
Em 1º lugar temos os órfãos.
Em 2º temos aqueles que foram abandonados ou colocados em instituições de caridade e para adopção, por motivos económicos. Acreditem ou não, estes motivos sempre foram os maiores criadores de crianças/jovens abandonados e até de abortos.
Em 3º lugar temos aqueles que deixaram-nos apenas por motivos completamente egoístas. Este, acreditem ou não, é o menor criador de crianças nestas condições.

É "engraçado" saber que a culpa destas situações na maior parte dos casos nem é das famílias ou das pessoas que cuidavam destas crianças/jovens, mas da própria Sociedade e da maneira como ela está estruturada. É como a questão da interrupção voluntária da gravidez, a maior parte dos casos têm a ver com motivos económicos. É o dinheiro a matar e a destruir vidas e isto é uma completa estupidez, porque o dinheiro não passa de algo fictício e implementado há muito tempos atrás apenas para facilitar o comércio.
Sem imagem de perfil

De Filipa a 31.08.2011 às 15:10

Não têm condições económicas que não os façam! Há preservativos, pílula, etc. E há imensa informação sobre isso, já não é tabu!
Sem imagem de perfil

De Marco a 27.08.2011 às 12:19

Bem... realmente quem ler o teu comentário pode pensar que todas as crianças para adoptar são o resultado de incapacidade heterossexual. Burrice pura...
Sem imagem de perfil

De Manel a 27.08.2011 às 14:22

Pois.. Até nem pode ter sido um casal homo-lésbico que recorreu á inseminação artificial nem nada... Tadinhos dos gays,são sempre inocentes e melhores que os hétero...
Sem imagem de perfil

De Peter a 27.08.2011 às 15:24

Mas resta saber em que bibrom o baby vai mamar... e ja agora sera que dorme junto com os papas para saber como se formam bebes?!!!

disgusting!
Sem imagem de perfil

De Camões a 27.08.2011 às 14:13

ADOPÇÃO GAY

-Então és tu que me vais adoptar?
Sou eu sim, meu pequenininho…
-E a mamã, quando vai chegar??
Vem agora chegando queridinho…

Esta mamã é algo esquisitinha (?)
Não sei onde a foste desencantar...
Eu pra isso bem me estou a lixar,
Mas não tratem mal esta criancinha!

POETA
Sem imagem de perfil

De Maria a 28.08.2011 às 14:55

Nem os homossexuais são melhores que heterossexuais nem vise-versa.
Agora parece-me que existem pessoas que desconhecem a realidade de centros de adoção (felizmente ou infelizmente não é o meu caso).
Prefiro crianças adotadas por homossexuais do que largadas em Instituições. O sofrimento que lhes vai na alma... e desesperadamente perguntam se vamos ser mãe/pai deles! Quando algum é adotado pensam que algo de errado se passa com eles. Os anos passam... e passam!
Grande parte dos casais tem preferências de idade até 4/5 anos (não mais)!
Que venham humanos homossexuais com horizontes mais alargados e adotem os que ninguém quer.
Serei melhor que um homossexual?... não sei... nunca me comparei nem pensei no assunto. Mas, talvez tenham mais coragem do que eu... pois dificilmente adotaria crianças com mais de 5 anos - ou mehor - sou totalmente incapaz de o fazer.
Afinal devem ser bem melhores do que eu!
Sem imagem de perfil

De Augusto C Monteiro a 15.09.2011 às 03:41

Caro Henrique, será legitimo alimentar através do humor o mito de que o homosexual é uma espécie de híbrido de género? Todos nós (do hetero ao homosexual) pertencemos àquele sexo com que nascemos, homem ou mulher. A única exceção é o fenomeno da transexualidade, em nada comparável à homosexualidade a que o cartoon faz referência. Cumprimentos.

Comentar post



Publicidade


No facebook





Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015