Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





As novas medidas

por Henrique Monteiro, em 30.06.11

Publicado em SAPO Notícias

Autoria e outros dados (tags, etc)


20 comentários

Sem imagem de perfil

De arco iris a 30.06.2011 às 11:06

O "copinho-de-leite" não sabe onde se meteu.
É só rir. chumbou o PEC IV.
aprovado por Bruxelas.
Agora vai para as medidas extraordinárias.
Sem imagem de perfil

De art a 30.06.2011 às 13:10

Vamos ter uma vida extraordinária, só pode...
Sem imagem de perfil

De Acético a 30.06.2011 às 15:02

Gozar, gozar, ele não está, está é extraordinariamente "frrptó!
Sem imagem de perfil

De AlterEgo a 30.06.2011 às 17:42

Iiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiincha Zé Povinho!!!

Metade do subsídio de férias já foi à vida. Este ano o "Pai Natal" vai ficar mal visto!!!

Estou mesmo a ver a chavalada lá para finais de Dezembro "foda-se andei a portar-me bem o ano todo e no fim o fdp do velho das barbas não me deu a playstation"!!!

Agora só quero ver a cara daqueles que andavam por aí a afirmar que "a maioria dos portugueses votaram em partidos que apoiam a intervenção do FMI"

Até agora só tenho visto frases de esperança para o novo governo. Não dou nem uma semana para estarem todos na rua a reclamar de novo.

Ainda hei-de ver muitos a dizer "Volta Sócras, estás perdoado!!!"
Sem imagem de perfil

De aoriedgboai a 30.06.2011 às 19:34

Votei BE, mas desejo toda a sorte do Mundo a este governo.

A época da discussão acabou a agora temos de rumar todos juntos para o mesmo lado.

Prefiro estas medidas extraordinárias que não custam quase nada a ninguém, do que um governo a andar com propagandas a dizer que está tudo bem e depois... kabum: tragédia grega versão Portuguesa...

Este governo a cortar subsídios de Natal e a propor fundos de ajuda a casais desempregados já mostrou ser mais socialista que o PS.

Como eleitor maioritariamente de esquerda, isto só me deixa contente.

Antes quero um governo de direita que seja competente do que um governo de esquerda incompetente. Pelo que se tem visto até agora, é essa a diferença entre Sócrates (PS) e Passos Coelho (PSD).

Postum Scriptum: Paulo Portas (CDS-PP) esse não me engana. É incompetente, oportunista e populista até dizer chega. E eu disse-lhe chega há ~6 anos atrás!!!
Agora a ministra da sua querida agricultura é uma... advogada... OMFG!!!
Sem imagem de perfil

De AlterEgo a 30.06.2011 às 22:14

Medidas extraordinárias que não custam quase nada a ninguém??

Fazes ideia de quantas pessoas precisam, hoje em dia, do 13º e 14º mês para equilibrar o orçamento anual? Não me refiro a fazer a passagem de ano no algarve ou no estrangeiro ou comprar aquele LCD último modelo mas sim a pagar as contas que vão sendo cada vez mais difíceis de pagar.

E já que falas em governos que andam a fazer propaganda, o que me tens a dizer de um TrocóPassos que afirmou ainda há pouco tempo que se tivesse de implementar mais medidas faria sobre o consumo e não sobre o rendimento das pessoas??? Foi no dia 1 de Abril que ele disse isso... Ahhhhhhhhh pois é... Era o dia das mentiras, está tudo explicado!!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 30.06.2011 às 23:56

Só um tipo que está muito bem na vida pode dizer uma barbaridade destas:
..."estas medidas extraordinárias que não custam quase nada a ninguém"...
não deves ter familia para sustentar!!!
A maioria das pessoas usa estes subsidios como almofada para fazer face a despesas decorrentes da vida familiar!! Sabes que mais?
-VAI-TE ENCHER DE MOSCAS!
Sem imagem de perfil

De CR a 01.07.2011 às 12:34

Infelizmente a almofada que falas em maioria dos casos é para tirar férias e extras que passam bem sem eles... Já não se vê o espírito de poupança que eu via nos meus pais e avós... Os anteriores governos (PS E PSD) habituaram-nos a uma vida fácil e agora estamos onde estamos... O governo dá tudo, o governo resolve tudo... Só com medidas extremamente duras é que conseguimos safarmos de uma situação como a que estamos a ver na Grécia. E sim, não sei como conseguem ainda falar bem do Socrates quando vemos a situação em que ele nos deixou e como ele dizia "Está tudo bem, tudo controlado..."
Sem imagem de perfil

De Anonymous a 01.07.2011 às 02:40

"...que não custam quase nada a niguém..."

Que rabos/botas é que andaste a lamber para dizeres uma coisa dessas? Deves estar bem na vida deves...
Sem imagem de perfil

De Tone a 01.07.2011 às 02:58

Nada disso, deve ser funcionário público...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 01.07.2011 às 10:24

Ó Tone já deu para ver que fazes parte da corja de invejosos que acha que os funcionários públicos andam a nadar em dinheiro e que os da privada que recebem a maior parte do vencimento por fora (estás perceber, não estás???), é que são os "desgraçadinhos"!
Sem imagem de perfil

De Tone a 02.07.2011 às 03:07

Olha amigo, eu já lá estive e só não fiquei por um lado por burrice pura minha. Não é a questão de nadar em dinheiro, dependendo da secção que se trabalha, ganha-se mais do que numa empresa na mesma secção, maiores benefícios, tolerancias de ponto, não ter um patrao sempre em cima, o dinheiro certinho a tempo e a horas, entra-se as 8.30/9h e sai-se as 16.30, e o serviço é "devagar que lá vai chegar". Depois vem com a historia dos coitadinhos. Amigo, não me venhas com coisas pq o povo tem olhos. Por isso é que concordo com privatizações. Qd passarem a ter um patrao à seria aí começam a aparecer lucros.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 02.07.2011 às 09:54

Pois!
"...só não fiquei por um lado por burrice pura minha." a ISSO CHAMA-SE INVEJA (não sei de quê)!
Por outro lado parece-me que já foi um pouco mais específico ao não meter toda a gente no mesmo saco! Quanto às privatizações isso é outro assunto que daria pano para muitas mangas... vamos esperar a maravilha que vem por aí!
Sem imagem de perfil

De Zé Galo a 02.07.2011 às 17:35

Eu também tenho inveja, sim admito. Também gostaria de ser funcionário público.

Quem não quer ter uma vida descansadinha sem stress e sair cedinho?

Aposto que não sabes o que é chegar a casa todo estoirado e com vontade de te despedires por achares que não tens tempo para vida pessoal. Há quem pense nessa merda todos os dias!

Quando vejo os funcionários públicos em greves sucessivas a reivindicar direitos que nunca terei na vida e sendo transtornado com essas greves na minha vida profissional... Só me faz pensar que muitos de vocês são cancros neste país.

Sem querer tirar o mérito a funcionários públicos realmente produtivos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 03.07.2011 às 13:30

Invejoso!
A grande diferença entre mim e ti é que eu gosto de trabalhar e do meu trabalho (apesar de ser funcionário público e descontar sobre tudo o que recebo) e o que tu querias era um emprego para não fazer nenhum (apesar de parte do teu salário ser pago por fora para fugir aos decontos)!... Pois é!!... a inveja é uma merda!!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.07.2011 às 22:47

Tu não sabes o que dizes. Tu gostas do teu emprego porque passas o dia a coçar os tomates.

Eu trabalho em média mais 4 horas/dia do que tu e mais dias durante o ano porque no provado não há cá pontes. E não passo o dia a fingir que trabalho como tu. Se não apresento serviço, enfiam-me no olho da rua.
E se saísse às horinhas que tu sais não iria coçar ainda mais os tomates para casa já que a mulher faz o jantar, teria outro emprego, o meu próprio emprego.
Teria tempo para isso tudo porque eu tenho sonhos e não me acomodo à boa vida como boa parte dos funcionários públicos.

Tu não fazes ideia o que é dar no duro.
Sem imagem de perfil

De TaViTa a 01.07.2011 às 16:06

A esta hora está o Sócrates a rir-se do 1º Ministro...

E eu ñ sei se chore ou se ri-a! :S
Sem imagem de perfil

De AlterEgo a 02.07.2011 às 01:49

A rir-se do 1º Ministro? Ele está a rir-se é de nós!

Ó pra mim em França a estudar filosofia enquanto vocês ficam sem metade do subsidio de Natal
Sem imagem de perfil

De TaViTa a 02.07.2011 às 18:09

...pois... às tantas tens razão... bahhhh

Comentar post



Publicidade


No facebook





Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015