Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Portas e a moção de censura

por Henrique Monteiro, em 30.05.08

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De Nelson Santos a 30.05.2008 às 13:40

Essa ideia está muito boa, parabéns!
Sem imagem de perfil

De a.melo a 30.05.2008 às 15:01

Boa Boa
O símbolo da tesoura está-lhe no sangue
qualquer coisinha serve para se pôr em bicos de pés
== são tão pequeninos ==
Sem imagem de perfil

De Joaquim Sousa a 30.05.2008 às 16:14

Quem tem um nariz assim tão Versátil para camuflar, ora de Radar ora de Tesoura, está sujeito a que um dia lhe caia a máscara e se descubra o verdadeiro Pinóquio. PARABÉNS POR ESTE CARTOON, PORQUE NÃO É FÁCIL REPETIR O MODELO SEM PERDER A ORIGINALIDADE.
Imagem de perfil

De touaqui42 a 30.05.2008 às 17:44

Ora aqui temos um RADAR transformádo em tesoura que nunca avaria.
Faça lá a sua MOÇÃO DE CENSURA.
Também tem DIREITO.
Corte para ai.
Sem imagem de perfil

De MouTal a 30.05.2008 às 18:55

Com uma cara daquelas e sempre a pôr-se a ridículo...não merece outra coisa...
Está "bótimo" este boneco.
Parabéns.
Abraço.
Imagem de perfil

De vistamar a 30.05.2008 às 19:20

Simplesmente fantástico. vamos lá ver se ele consegue cortar alguma coisa
Sem imagem de perfil

De carochinha a 30.05.2008 às 23:56

duvido que ele tenha as tesouras, ou os narizes, ou lá o que é, suficientemente afiados para cortar com alguma coisa ao governo! a terceira moção de censura no espaço de dois meses! my god, mas as moçoes tornaram-se moda?
Sem imagem de perfil

De Elprime Sadino a 31.05.2008 às 15:02

PAULINHO NARIZ DE TESOURA - vozinha aflautada, careca mal disfarçada, conotação mascarada, político enviesado e despersonalizado, é assim e mais umas tantas dúzias de incaracterísticas dualidades , que se movimenta no pedestal da ambiguidade. Quem é quem, quem não é não tem, e diz-me com quem andas e de quem és amigo e dir-te-ei quem sois. Também amigo do Santana, aquele que transporta o facho da bizarria, transformando a dupla na sintomática odisseia dos disparates, daqueles que disfarçam a incongruência em fantochadas, disparates e caranguejos de trazer por casa. Tesouras que cortam sem cortar, que desancam por desancar, que ensaiam os bonecreiros em fantoches e faz-de-conta. É assim a dita vanguarda dos lusitanos, quais brasileiros enferrujados, que se permitem encher-nos de macumba e lambadas para adormecer criancinhas. E mais não disse, por não saber ler nem escrever.

Comentar post



Publicidade


No facebook





Pesquisar cartoons

  Pesquisar no Blog

Anos de Cartoons

2008 | 2009 | 2010 | 2011 | 2012 | 2013 | 2014 | 2015